sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

LAURINHA FOI À ESCOLA




Um fato corriqueiro na vida de todos: ir pra escola.
Mas pra mim é como se Laurinha fosse arrancada de meus braços com todas as forças das circunstâncias, das obrigações da vida.
Sei que é bom pra ela.
Mas meu coração não se convence. Insiste em sofrer. Minha vontade é de sair correndo, arrancar a minha neta da escola, e trazê-la para meu colo. Trazê -la para seus brinquedos, meu dengo, meus mimos, o nosso soninho da tarde, o parquinho da vovó. Nos balançar na rede, contar histórias do coqueiro, da menina loirinha dos cabelos cacheados que vai para a praia com o papai e a mamãe, e encontra passarinhos no coqueiro. Assistir muitos desenhos e encená-los depois. Desenhar, correr, jogar bola.
Que dias maravilhosos passei vendo minha neta se desenvolver à cada dia. Sou muito grata à Deus por isto.
Nem comento nada com minha filha, pois ela também está se adaptando. Deixar nossos pequenos para outros cuidarem não é fácil. Suportar o choro, mesmo sabendo que não dura um minuto, é prova de fogo. Como vou choramingar minha dor?
Esta semana foi difícil para todos os envolvidos. Temos dois dias para respirar. E a vida segue seu curso.
Vai Laurinha. É hora de você explorar. Como você fez quando começou a engatinha, andar, falar, imaginar. Você é minha pequena exploradora. Eu sou a sua vovozinha. Fico aqui torcendo por você. Te amo!

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018








Passeando numa linda tarde 
de verão, me deparei com lindos 
pés de hibiscos. De todas as cores. 
Eu não resisti. Fotografei todos.
Apesar do verão chuvoso
Atípico 
Ainda florescem
Os hibiscos.
"Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam." - 1Coríntios 2.9

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Presidente Prudente


             Minha querida Presidente Prudente, cidade centenária , que meus pais escolheram para viver e criar os filhos. Cidade onde cresci, estudei, trabalhei, me casei, nasceram minhas filhas, e aqui foram criadas.  Aqui também nasceu minha netinha Laura. Minhas filhas se casaram e moram aqui.
          Sou mais que prudentina, e amo minha cidade acolhedora, de céu azul, sol o ano inteiro, e parques e praças bem cuidadas, onde a população passa seus feriados e tempos livres com suas famílias. Parques democráticos, onde se vê esportistas, casais de namorados, bebês, crianças, idosos, e até os bichinhos de destimação são muito bem aceitos. 
            Uma sequência de boas administrações tornaram Prudente em uma das melhores cidades do Brasil para viver, estudar, trabalhar e envelhecer. Temos uma cidade limpa, iluminada, asfaltada, e até derto ponto, segura.           
          Que Deus guarde minha cidade, abençoando cada dia seus moradores, e que os administradores tenham sabedoria para melhorar cada vez mais.

           
   
 Bendito seja o Senhor, pois fez maravilhosa a sua misericórdia para comigo em cidade segura. Salmos 31:21



         

domingo, 9 de abril de 2017

LUZ


Final de tarde de outono
Raios de sol iluminam o antúrio
Mais um dia se vai
Mil pensamentos passam pela minha mente
Saudades de momentos que não voltam
De pessoas que nao voltam 
De mamy Paulina no quintal comigo
Me mostrando passarinhos
De meu papy sorrindo como criança
Mas feliz por ter comigo Laurinha
Minha netinha linda,
Feliz, criativa, animada, amaorosa
Agradeço à Deus pela familia
Linda e maravilhosa que Ele me deu.
A luz deste dia se vai
A noite se aproxima
Amanhã será outro lindo dia. 

Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome. Salmos 100:4
 


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

FICA MAIS



Fico aqui a pensar
No meu cantinho
Como tudo muda
Neste caminho
Que se chama vida
A saudade insiste
Em se fazer presente
E dói a falta
Dos que estão ausentes
Mamy e papy
Quero um café da hora
E pão com tomate
Nas tardes quentes
Depois da aula
Quero ver seus sorrisos
Suas mãos me chamando
Ouvir de vocês: "Fica mais"
Vocês não ficaram mais
Chegou a hora
E foram embora
Ficou seus exemplos
Ensinamentos
A fé em Deus
Que não nos desampara
Ele prepara novos momentos
Alegria, amor, carinho,  aconchego
Sorrisos inocentes,  espontâneos
De pequeninos
E dos grandes também
Descobri mais uma face
Deste caminhar emocionante
Que o Criador nos expõe
Amar enquanto é tempo
Viver o hoje com quem amamos
Porque o amanhã
À Deus pertence.

sábado, 24 de setembro de 2016

UM ANO




Minha princesa Laura fez um ano!
Linda, inteligente,
interessante, alegre,
feliz, comunicativa...
se comportou como uma lady.
Curtiu a festa.
Comeu. Chorou no final, como todos os bebês.
Dormiu.
amo muito!
Obrigada Senhor!

sábado, 17 de setembro de 2016

PIPAS COLORIDOS


Vejo pipas coloridos
Soltos pelo céu azul
No entardecer
Amarelado de inverno
Um gramado muito verde
Me convida à caminhar.
Vou levar minha pequena
A Laurinha da vovó
Ela ama os pipas
Os passarinhos (pááá)
Os cachorrinhos
As pessoas
O balanço
A lua branca ( nhan)
Que nasceu de dia
Tudo é novidade
É muito amor
Em cada olhar admirado
Pelas novidades vistas
Vou sair por aí
Caminhando pelo céu azul cheio de pipas
Olhando o gramado amarelado
De inverno
Em boa companhia.
( MLLS)

"Aquele que fez os grandes luminares; porque a sua benignidade dura para sempre;
O sol para governar de dia; porque a sua benignidade dura para sempre;
A lua e as estrelas para presidirem à noite; porque a sua benignidade dura para sempre;"
Salmos 136:7-9